Histórico


              O Centro de Treinamento SENAI "Geraldo Alckmin" de Pindamonhangaba, localizado na cidade que ocupa a 4ª posição como força Econômica do Vale do Paraíba, segundo relatório da Secretaria da Fazenda do Estado.

               Foi criado após a doação de terreno público de 16.837 metros quadrados, localizado no bairro Jardim Resende, feita para a construção de uma Escola Profissionalizante do SENAI e aprovada pela Câmara Municipal de Pindamonhangaba por meio do Projeto de Lei Municipal nº 1.702 de 29 de outubro de 1980, de autoria do executivo, do então Prefeito Municipal, Dr. Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho.

              Em seguida a Prefeitura elaborou o projeto do prédio, que foi aprovado pelo Conselho Regional do SENAI de São Paulo. Com esta aprovação a Prefeitura deu início às obras que totalizaram 1200m² de área construída.

             A construção da Escola se deu durante oito anos, sendo realizados nos mandatos dos prefeitos João Bosco Nogueira e Vito Ardito Lerário, concluída na gestão deste último, entregando a edificação ao SENAI no final do ano de 1989. Na sequência o SENAI providenciou toda a montagem das oficinas e laboratórios da escola, sob a coordenação daquele que seria o primeiro Diretor do SENAI de Pindamonhangaba, o Professor Gino Bolognesi.

              No dia 01 de fevereiro de 1990, o Centro de Treinamento SENAI -Pindamonhangaba iniciou suas operações, oferecendo os seguintes cursos regulares: Ajustador Mecânico, Comandos Hidráulicos, Comandos Pneumáticos, Desenho Técnico Mecânico, Eletricista de Manutenção, Eletricista Enrolador, Eletricista Instalador, Eletropneumática e Torneiro Mecânico, desenvolvidos no período diurno para os alunos com idade entre 14 e 16 anos, e no período noturno para alunos com idade acima de 18 anos;Posteriormente outros cursos foram sendo reestruturados, como foi o caso das Programações para o público da Construção Civil. Inicialmente foram 3 cursos: Pedreiro Assentador de Tijolos, Pedreiro Revestidor de Paredes com Argamassa, e Azulejista.

              Em virtude do desenvolvimento do parque industrial da região atendida pela Unidade, houve a necessidade da ampliar o atendimento para a demanda exigida por este desenvolvimento e como conseqüência deu-se projeto de ampliação do prédio da Escola, com as obras iniciando em fevereiro de 2006 e sendo finalizada e inaugurada em agosto 2007, aumentando de 1200m² para 3600m², com mais dois blocos – um administrativo e outro focado nas áreas de informática e eletroeletrônica, sendo que o nome oficial da Escola ficou Centro de Treinamento SENAI "Geraldo Alckmin".

              No atendimento às indústrias, o SENAI "Geraldo Alckmin" desenvolveu um forte contato com os responsáveis pelas programações "in company", onde vários cursos foram estruturados, a partir de então, sob medida para as necessidades de treinamento dos vários setores produtivos de cada Indústria.

              No que se refere à Região de Atendimento, em 1990, quando foram iniciadas as suas operações do Centro de Treinamento, esta Região compreendia 7 municípios, sendo: Aparecida, Cunha, Lagoinha, Pindamonhangaba, Roseira, Santo Antonio do Pinhal e São Bento do Sapucaí. Atualmente, esta Região compreende 11 municípios, ficando então com as seguintes cidades: Aparecida, Campos do Jordão, Cunha, Guaratinguetá, Lagoinha, Lorena, Pindamonhangaba, Potim, Roseira, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí.

               Quanto ao histórico da Direção do Centro de Treinamento SENAI "Geraldo Alckmin", temos:

  1.  Professor Gino Bolognesi, primeiro Diretor da Unidade, de janeiro de 1990 até março de 1992;
  2.  Prof. Clodoaldo Rodrigues Camargo, até maio de 1998;
  3.  Prof. Paulo Sergio Torino, até janeiro de 2005;
  4.  Prof. Dejair Dejalma Poletto, durante o ano de 2005;
  5.  Prof. Jorge Luiz Dolcinotti, de janeiro de 2006 a janeiro 2008;
  6.  Prof. Paulo Sérgio Sergio Torino, retornando à direção no mês fevereiro de 2008.

 

               Quanto à oferta de cursos, desde o início das atividades, a Escola tem se destacado em buscar novas programações, para ampliar seu portfólio, conseguindo com isto uma evolução enorme para o Centro de Treinamento, nos setores da Mecânica, Eletroeletrônica, Automação e Informática; Outra estratégia utilizada pela escola são os cursos compartilhados com outras Unidades do SENAI, tornando as respostas às necessidades dos clientes mais rápidas, isto é, ao invés de se investir em ambientes para atender os clientes na Unidade de Pindamonhangaba, o que demora muito tempo, é feito parceiras para compartilhar laboratórios e oficinas com outras Escolas do SENAI. Como exemplo temos os cursos de Mecânico de Refrigeração, Técnico em Mecatrônica e o Técnico em Metalurgia, que foi primeiro Curso Técnico do SENAI no Estado de São Paulo, realizado em parceria com Escolas da rede, envolvendo as Escolas SENAI de Osasco, de Taubaté e de Pindamonhangaba.

               No que diz respeito à produção, número de treinandos certificados, fica evidenciado a consolidação da Escola de Pindamonhangaba como grande formadora de mão-de-obra para a cidade e Região. A escola certificou 1.813 treinandos em 1990, no seu primeiro ano de funcionamento, atualmente certifica mais de 12.000 treinandos por ano, sendo que deste total, cerca de 50%, só nas dependências da Unidade Escolar.

              Novas conquistas e novos desafios surgirão, e esta história que está sendo construída com amor e dedicação pelos funcionários da Escola SENAI "Geraldo Alckmin", deve ainda reservar muitos relatos que irão traduzir o sucesso dos nossos alunos, que através da qualificação profissional, estão construindo o desenvolvimento de nossa cidade, região e por conseqüência do nosso país.

Exportar Calendário


Você pode exportar os eventos da escola para o Apple iCal, Microsoft Outlook ou Google Calendar.

Fechar